Homem que teve relações sexuais com cabrito grávida tem pena estendida para 15 anos

Homem que teve relações sexuais com cabrito grávida tem pena estendida para 15 anos

Reuben Mwamba havia sido preso por um tribunal na Zâmbia por cinco anos, mas os promotores ficaram indignados e levaram seu caso a um tribunal superior.

Agora, o Supremo Tribunal de Kasama condenou o jovem de 22 anos a 15 anos de trabalho forçado.

O homem admitiu conhecimento carnal de uma cabra prenhe.

O tribunal foi informado de que, em 2 de novembro, Mwamba, da aldeia de Mutono, havia quebrado a seção 155 (b) do código penal, capítulo 87, das leis da Zâmbia.

Mas os promotores exigiram uma sentença mais substancial para dissuadir outras pessoas que pensassem em fazer sexo com animais.

A juíza Emeria Sunkutu, de Ndola, que está no Tribunal Superior de Kasama, disse estar chocada com o caso.

Ela anulou a sentença anterior de cinco anos de prisão e substituiu-a por 15 anos de prisão com trabalhos forçados quando o assunto foi submetido a revisão judicial.

Facebook Comments
5 Comments

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *