Autoridades de Guadalajara, no México, autorizam relações sexuais na via pública

Autoridades de Guadalajara, no México, autorizam relações sexuais na via pública

Habitantes acham que a polícia deve dedicar-se ao combate ao crime em vez de incomodar os amantes, além de compreenderem o problema daqueles que não têm dinheiro para pagar um quarto de hotel. Mas a medida não é pacífica

Já foi considerada uma das cidades mais conservadoras do México, assinala o jornal “La Nacion”, mas acaba de dar um passo largo para se tornar, eventualmente, na mais liberal. As autoridades de Guadalajara aprovaram legislação que permite aos habitantes terem relações sexuais na via pública e a prática só será restringida no caso de alguém apresentar queixa. Se ninguém se sentir incomodado, a polícia estará impedida de intervir e de aplicar sanções.

A lei, apelidada de Estatuto do Bom Governo, estabelece que “ter relações sexuais ou cometer atos de exibicionismo em lugares públicos, baldios, no interior de veículos ou em locais privados mas à vista do público são considerados delitos administrativos sempre que um cidadão solicite a intervenção policial”, informa aquele jornal.

A mudança legislativa surge ao encontro de queixas de habitantes de Guadalajara preocupados com o aumento da criminalidade na cidade, tendência que se tem verificado um pouco por todo o país, sobretudo no que respeita à criminalidade violenta ligada aos cartéis do tráfico de droga. O argumento é o de que a polícia deve concentrar-se no combate ao crime e não perturbar aqueles cidadãos que podem não ter recursos para pagar um quarto de hotel.

Se há quem tenha recebido a novidade de forma positiva, as mudanças legais também causaram alarme e indignação. Nestes casos, para além de haver quem defenda que o que está em causa é uma questão moral, também existe quem alerte para o risco de tornar mais fácil a vida de violadores e pedófilos ao afastar a polícia de potenciais situações de abusos sexuais.

O “La Nacion” recorda que Guadalajara não é pioneira neste tipo de medidas. No Vondelpark, em Amesterdão, as pessoas estão autorizadas a manter relações sexuais ao ar livre. As únicas condições são as de que os amantes deixem o local limpo e que as atividades prosseguidas sejam realizadas fora das zonas dedicadas às crianças. Se os intervenientes se revelarem demasiado ruidosos, a polícia da capital holandesa está autorizada a pedir-lhes para abandonarem o parque.

Facebook Comments

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *