Táxi avança sobre multidão em Moscovo, causando oito feridos

Na capital russa, onde decorrem alguns jogos do Mundial de futebol, um táxi feriu pelo menos oito pessoas. O condutor já foi detido. Fontes locais dizem que “poderia estar alcoolizado”.

Um táxi avançou sobre uma multidão este sábado em Moscovo, tendo provocado pelo menos oito feridos numa cidade que é, por estes dias, um dos grandes palcos do Mundial de futebol. 
Alguns dos feridos serão adeptos da seleção do México. A agência de notícia Interfax cita uma fonte que diz que o condutor — que tentou fugir depois de sair do veículo — “poderia estar alcoolizado”. Mas, segundo a Reuters, o autor do atropelamento terá alegado que adormeceu ao volante antes do incidente.
Segundo a agência noticiosa TASS, o condutor do veículo já foi detido pela polícia. Inicialmente, não foi é totalmente claro se tratava de um acidente ou de uma tentativa de atropelamento, mas fontes da polícia disseram desde logo que o mais provável era que o condutor tenha perdido o controlo do veículo.

A autoridade de trânsito da cidade revelou que o condutor tinha uma carta de condução emitida no Quirguistão, Ásia. As fotografias já disponibilizadas por esta autoridade russa mostram um táxi amarelo sem pára-choques parado perto de um sinal de trânsito, que o taxista poderá ter derrubado. O condutor terá dito às autoridades que “não fez de propósito”.

O atropelamento deste sábado alarmou alguns fãs de futebol que temem que aconteçam atentados terroristas na Rússia. Antes do Mundial, o Departamento de Estado norte-americano alertou os cidadãos do país para esse perigo. “Eventos internacionais de grande escala como o Mundial de Futebol são um alvo atrativo para terroristas. Apesar da segurança para o Mundial ser extensa, os terroristas podem procurar atacar estádios, zonas turísticas, locais de transporte dos fãs de futebol e outros espaços públicos”, avisavam os EUA.

Antes do início do Mundial, um grupo de apoiantes do auto-proclamado Estado Islâmico divulgou um vídeo com ameaças de ataques terroristas durante o evento, noticiou a revista Sábado. As imagens mostram imagens de um drone a sobrevoar Sochi — onde Portugal disputou o primeiro jogo do Mundial, esta sexta-feira — e uma animação em vídeo com explosões que destroem o complexo desportivo.

Facebook Comments
2 Comments

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *